Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Longitudinal

Longitudinal

Biggest Loser

 

É Natal e as pessoas parecem pequenas quando olho para elas de dentro do autocarro.

Na televisão vejo gordos a correrem pela vida. Suor e lágrimas. Suor e lágrimas. Parecem grandes, com os seus braços a pender ao lado da barriga, como dois troncos pendurados por uma das extremidades; com as ondas de pele que rebentam pelo corpo abaixo; com as mágoas entaladas entre a gordura que teimam em perder. À custa de suor e lágrimas.

Faltam exactamente vinte e cinco dias para o Natal. Fatias douradas. Sonhos que só a minha mãe sabe fazer. E há gordos a serem pesados numa balança industrial. E eu tenho a certeza de que se os visse, do outro lado da rua, a partir do interior de um autocarro, eles me iriam parecer pequenos também.

1 comentário

Comentar post